segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Amanhã regresso

Ao dia-a-dia, ao rebuliço, ao trabalho, ao trânsito, à 2ª circular, à casa a 3, ao ginásio, à biocoop, ao pomar da rosa, ao fábulas, ao cinema, aos estudos, às pessoas, ao meu quarto alfacinha, à Beta, ao despertador, ao rio, às noites sozinha, e tudo e tudo e tudo...
É menos difícil por ser o início do ano e as expectativas estarem mais altas, e a vontade de fazer coisas ser maior.
Nestes dias tenho sido basicamente dona-de-casa. Espero o maridinho com o almocinho feito, (ao menos sempre dá para escrever qualquer coisa do outro lado) depois ele vai embora e eu fico a lavar a louça e assim sucessivamente. Quanto estou no intervalo dos meus afazeres domésticos vejo episódios da novela no youtube! Nem sequer tiro o avental. Percebi que acaba por não haver tempo para nada na mesma. Percebi a minha mãe. Nesta semana percebi finalmente a minha mãe.
Estou com uma energia renovada, sim. Só me custa (entre outras coisas), deixar isto para trás...

2 comentários:

S., R. e Xogu disse...

Estás uma fada do lar!

Bom Ano!

Flica disse...

Bom ano minha querida! E para os teus homens também