quinta-feira, 22 de junho de 2006

Papel Higiénico!

Minhas queridas mosque... A vida corre-nos bem! Sorri sobretudo à Dju! E sim, precisamos mesmo de um jantar as 4... Isto assim não tá com nada.

Mas hoje venho falar-vos de um assunto bem mais profundo: o papel higiénico. Existem várias coisas que os pais se esquecem de nos dizer e que as pessoas não falam, e eu quero quebrar com o tabu e fazer a revelação! Acho que pode melhorar muitas vidas e vós, como minhas melhores amigas, devem ser as 1ªs a saber. Se por acaso não for novidade, olhem: merda! Já deviam ter falado nisso antes porque isto das 2 uma: ou toda a gente sabe e ninguém espalha isto ou sou uma pioneira.
Houve uma coisa que sempre me irritou muito: encetar um rolo de papel higiénico e as duas folhas não estarem certas, estarem desencontradas. Acho que as palavras que surgem no cérebro do comum mortal são óbvias: "Fodasss agora vou ter que suportar esta merda durante o rolo inteiro!..." E vivi assim quase 1/4 de século. Há umas semanas tentei uma solução e a luz fez-se: essa porra acontece porque as voltas das folhas não estão sincronizadas!!! Ou seja, já não é preciso suportar um rolo inteiro, basta rodar a folha de fora, cortar pelo picotado no sítio equivalente à folha que se encontra por baixo e o problema está resolvido!
Vocês sabiam disto? Pior: vocês sabiam disto e não disseram nada???

2 comentários:

AnaRito_AnaRita disse...

ESTE É CLARAMENTE A MELHOR POSTADA que alguma vez escreveste Fi!!

Lindo! Estou aqui a chorar a rir na agencia...

Finalmente falamos de coisas que de facto interessam caraças!!!

E sim o drama do papel higiénico é do mais importante que me lembro agora.

Pois amiga, eu já tinha visto a luz... desculpa fui egoísta por nao ter partilhado contigo, mas eu sabia que chegarias lá!!!

juzita disse...

Não existes Fi... lindo!